FreeNAS – Criando um compartilhamento SMB

Como criar um Compartilhamento Windows (SMB), primeiro acessar o painel web vamos em:
Compartilhamento \ Compartilhamento Windows (SMB) \ Adicionar Compartilhamentos (SMB)

Vamos em Adicionar Compartilhamento Windows (SMB), aqui você vai em Navegar, em Use as home share você escolhe se quer criar uma pasta home para compartilhar, coloca um nome e vá em Modo Avançado

Selecione o diretório onde quer criar o compartilhamento, no meu caso irei criar dentro de arquivos que foi o nome do disco que montei no tutorial anterior de instalação do FreeNAS

Coloquei o nome do disco coloquei como ARQUIVOS mesmo e marquei a opção Navegável

Optei por marcar para Mostrar arquivos ocultos, e de um OK

Sim vamos ativar o serviço de compartilhamento

Agora vamos a parte de usuários para poder acessar os compartilhamentos, como podem ver ele vem com vários usuários e grupos criados já, mas vamos criar um específico para acessar somente este compartilhamento, então vá em:
Conta \ Usuários \ Adicionar Usuário \ e na caixa da janela da direita em Adicionar Usuário

Criando o nosso usuário, o ID já vem automaticamente, Nome do seu usuário, marquei para Criar um novo grupo primários para o usuário, Criar diretório Home em: navegue até o seu disco, nome completo, se quiser colocar o seu e-mail, mas depois terá que configurar o servidor de envio de e-mails, coloque uma senha de compartilhamento, e vá em Modo Avançado

Aqui tem alguns ajustes mais avançados se quiser optar por marcar ou escolher o grupo diferente para o seu usuário, deixei padrão e dei um OK

Como podem ver aqui está o nosso usuário na primeira linha e suas permissões.

Agora vamos acessar o nosso compartilhamento pela rede como uso #Linux smb://freenas.local/arquivos e vamos autenticar

Pronto! Como podem ver acessamos o nosso compartilhamento não tem nenhum arquivo dentro mas está acessando normalmente.

Uma dica!

  • Você pode usar o prompt (Shell) via pagina web, no menu da esquerda tem a opção Shell clique e vai abrir a tela abaixo!
  • Já vem logado com o usuário que você acessou via interface web!
  • A principio os comandos básico #Linux funcionam normalmente!